Terapias Vibracionais





Somos seres vibrantes por natureza.



A natureza é vibrante, as pedras são vibrantes, a Terra é vibrante.
Essa palavra traz exatamente a sensação do que se propõe, movimento...
Somos seres em movimento...
Sim, as pedras, as árvores, a terra também o são.
Toda e qualquer matéria existente seja ela "animada" ou não, está em movimento, porque vibra, suas moléculas estão em atividade intensa para poder manter a "forma" mesmo que seja a forma de uma pedra.
Somos seres vibrantes e animados ( animado = aquele que possui ânima = alma ) portanto acredito que possuímos uma vibração diferente de uma pedra, se bem que às vezes podemos parecer uma - dura, parada, deixando a vida passar...
É a qualidade de nossa vibração que vai "dizer" como estamos o que, é muito diferente de quem somos.
É como sintonizar uma estação de rádio, se for uma estação de samba, jamais vai poder relaxar ao som de uma música clássica...
Muitos esqueceram qual é sua verdadeira vibração, e a cada dia mais vejo isso, quer seja em consultório, quer seja por aí, ouvindo conversas, observando situações, padrões de repetição, em mim inclusive (isso é o principal).
Vejo muitas pessoas vibrando padrões herdados, pensando coisas que não são delas, sentindo, falando, apenas repetindo o que escutou, vivendo experiências aprendidas na televisão, nas revistas...
Porque?
Porque sua vibração foi "influenciada" por outros padrões de vibração "mais fortes", veja bem, coloco entre aspas, pois são apenas pontos de vista, não existem padrões mais fortes, porém se não estamos em sintonia com a nossa estação, outras ondas mais presentes ocupam esse lugar.
E o que são ondas? Pensamentos geram ondas, sentimentos geram ondas, ainda que não sejam "a onda" mas geram e o acúmulo e a repetição de um determinado padrão de onda cria aquilo a que ela se propõe.
A ciência não aceita isso, pelo menos não a maioria, mas já existem alguns cientistas, com a abertura que a Física Quântica proporciona que estão começando a desbravar esse caminho, mas para questões de ciências, ainda há muito o que caminhar. Mas não é porque a ciência não provou (ainda) que isso deva ser execrado, como eles gostam de fazer com tudo o que não acreditam.
Voltando a vibração, podemos parar ali, no padrão da ciência ou continuar e buscar novas formas de percebermos a vida, nós mesmos nesse contexto. Tudo é escolha.
Como está a qualidade da sua vibração?
Qual é sua sintonia?
Você está ouvindo samba, quando gostaria de ouvir rock?
Quais são as cores do mundo para você? Lembrando que cores também são vibrações de ondas.
"Nós somos um arco-íris por natureza e no final desse arco-íris há um pote de ouro."
Qual a vibração que essa frase lhe trás?
Incomoda? Irrita? Dá aconchego? Te anima? Acha bobagem?
Tudo é escolha, não há resposta certa para essa pergunta...

Mas se suas escolhas estão te fazendo sofrer, adoecer, perder o interesse pela vida, vagar pelo mundo sem nada criar, te trazendo um vazio existencial...
É porque você esqueceu o que te faz vibrar em harmonia com sua essência.
Você se perdeu daquilo que te anima...
Vocês está afastada(o) da sua alma.
Perdeu seu ritmo, sua batida, aquilo que te faz um Ser, único, a melodia que trouxe para compartilhar com o mundo e compor a sinfonia da vida.




As técnicas terapêuticas com as quais traballho – Floral e Aura-Soma, são baseadas nesse conceito – trazer para dentro de nós as vibrações perfeitas da natureza e com isso possibilitar que essa ressonância com o natural nos torne novamente seres vibrantes e animados.

"... e assim vou, tocando meu tambor pelo caminho..."

(Claudia Godoy - dezembro 2008)

0 comentários:

Seguidores

Quem Sou

CLAUDIA GODOY


Fitoterapia, Florais, Aura-Soma, Calatonia
Integração Craniossacral


Contato:

(11) 9947 8800
cmgodoy@uol.com.br
eXTReMe Tracker