Acordando o Tambor...


O Tambor é um instrumento utilizado desde as mais remotas eras da humanidade.

Era, e ainda hoje é, usado em festas e rituais religiosos simbolizando a comunicação com os Deuses e espíritos da natureza. Era usado para cura, celebração, iniciação...anunciação...

Cada povo tem seu "modelo" e cada um tem um som diferente de acordo com sua fabricação, formato, material utilizado; assim como também, cada povo tem seu idioma, sua forma peculiar de se comunicar e expressar sua jornada.

Acordar o Tambor, o meu Tambor, o seu Tambor é acordar nossa forma de comunicar ao mundo nossa verdade, uma forma que é única e individual, que tem um "som" único, uma melodia, que vai depender de com meu Tambor, seu Tambor foi "construído"...

O som do Tambor representa a batida do coração...

Acordar o Tambor é acordar o nosso coração...

Acordar o Tambor é relembrar nosso canto...

Acordar o Tambor é expressar nossa essência, nossa força...

É mostrar o que temos de mais singular para oferecer ao mundo.

Acordar o Tambor é comunicar o que temos de mais puro em nós...

Nossa Alma...





"Que meu coração seja meu guia...

Que meu Tambor soe e ressoe acordando...

Que meu canto se faça presente recordando..."

Claudia Godoy









"... e assim vou, tocando meu tambor pelo caminho..."

23 comentários:

MANOEL 29 de novembro de 2008 17:24  

Que legal Claudinha. É muito bom poder compartilhar o som do tambor. Ele é magico e cheio de vida. Quando ouço ele tocar, realmente ouço a batida do meu coração, acompanhando o compasso dele. A sua vida é plena como a vida do tambor. Que o seu tambor sempre mantenha esse compasso frenético e melodioso ao mesmo tempo.

Cristina Guedes 13 de dezembro de 2008 09:01  

Realizações Cláudia Godoy,

Seu site faz do seu tambor uma parte do mundo que se tornou inteligente. E se você me perguntar o que é esse tambor? Eu direi. É o profundo desejo de ser una com o todo, a vontade de dissolver o eu que antes estava separado de sua própria origem. Mas se você arrancar uma árvore um dia, ela sentirá esse profundo desejo de se transformar em tambor para tocar muitos corações. Gostei de toda essa cor de terra e leite.

Atenciosamente

Cristina Guedes
Autora de Livros, Artigos, Poesias e Peças Teatrais

Francisco Reis 13 de dezembro de 2008 22:52  

Também gostaria de tocar meu tambor. O som que desperta a alma, cuja vibração plena de força, só é sentida pela alma. O chamado...a vida...o som que desperta a consciência e nos conduz num bailado selvagem; desterra o sagrado em nós outros. É com muito honra que estou a colocar este blog como um dos meus favoritos. Cláudia Godoy resgata esse saber primitivo e mágico...e assim vou, tocando meu tambor pelo caminho...

Ricardo Martins 14 de dezembro de 2008 11:34  

"Postado por Claudia Godoy às 11:11"
Preciso dizer mais algumas coisa?


Luz e abraço arco-irístico

divinaimperatriz@hotmail.com 14 de dezembro de 2008 21:34  

Uma brilhante tarefa, essa de palmilhar acerca das deusas, começar e emergir até o topo. Seu talento, ter um tambor de especialidades sorrindo para nós.

Triunfe sempre!

Cristina Guedes
escritora, poeta e taróloga

Claudia 17 de dezembro de 2008 18:29  

Divino som, que acorda , atordoa,
desacomoda modelagens antigas, desconstroi abrindo espaço para dança que forma uma nova mandala numa vibração consciente diferenciada . Claudia Fuques neta, filha, irmã , mãe e em breve avó

Dênis 29 de dezembro de 2008 20:23  

Claudia, alma irmã, que bom momento este em que te encontrei após ter procurado por novidades nos sites que normalmente visito e hoje especificamente não encontrei. Não encontrei porque?, justamente para que este vazio que hoje não foi preenchido por nenhuma nova mensagem, fosse preenchido por ti, tua essência, teu blog...Aceite-me como irmão, além de irmão de alma, humano que se transforma em anjo, companheiro de estrada, terapeuta holístico, e amante do tambor(tenho o meu tambor cherokee(acho que é assim que escreve), e acima de tudo, um amante incondicional do AMOR, DA BELEZA, DA POESIA, DO "NÓS" QUE ME TORNA MUITO MAIOR DO QUE JÁ SOU.
Vou ler com todo o carinho cada linha, cada estrofe, cada verso do seu blog, e que o compasso de nossos corações se unam a partir de hoje, tornando ainda mais linda a magnífica melodia cósmica. BUM, BUM, BUM, danço porque encontrei mais uma parte de mim.

Fabiana 3 de junho de 2009 10:34  

Tava procurando uma informação numa comunidade de Orkut sobre ervas e plantas e vi um comentário seu sobre o tambor.
Não resisti ao seu convite e vim conhecer o seu blog. Fiquei maravilhada com tudo o que li! Me sinto extasiada ao som do tambor! Ele toca fundo em minh'alma e sinto vontade de chorar. Mas não é de tristeza, e sim de uma alegria que não sei explicar...
Parabéns e bençãos dos Antigos!

A vida é feita de escolhas 13 de agosto de 2009 11:12  

O caminho tem o som das batidas, o coração bate a luz que lhe guia. Brotar, sentir, sorrir é um tambor de todos os dias, mas soa muito mais alto suas batidas, quando a um rio nos olhos.
Lindo seu texto Claudia.

Clovão 17 de outubro de 2009 15:51  

Adorei esse pensamento de Nietzsche "É preciso ter asas quando se ama o abismo"...Visite meu Blog,www.blogdoclovão.zip.net ,até mais

Maria José 12 de dezembro de 2009 15:33  

Cláudia. Prazer em conhecê-la. Para mim é uma honra ter um texto seu no meu blog. O blog é de assuntos espiritualistas e voltado para mensagens de otimismo, reforma íntima, coisas que tocam a alma da pessoa. O seu texto veio enriquecer o meu blog e fico feliz de poder entrar no seu blog e tornar-se sua seguidora. Vou lincá-la à minha lista de preferidos também. Grande abraço e ótimo final de semana.

Larissa Aphamési 22 de janeiro de 2010 11:27  

Oláa :)
estava vendo uns textos no seu antigo blog na uol e entrei aqui para te seguir, achei seus assuntos mto interessantes! ;)
Espero ve-la sempre atualizando aqui com assuntos espetaculares!
Até mais! :D
Beijos

Maria José 22 de janeiro de 2010 11:36  

Cláudia. Estou passando aqui para lhe desejar um feliz final de semana, deixar-lhe o meu carinho e um beijo especial.

Hapi 29 de janeiro de 2010 08:30  

hello... hapi blogging... have a nice day! just visiting here....

Maria José 26 de fevereiro de 2010 11:18  

Este espaço é sempre maravilhoso. Estar aqui é sempre um enorme prazer. Beijos e um ótimo final de semana.

Christiane 8 de março de 2010 13:56  

Lindo!

Eu fui mais uma vez ao fundo do poço e foi um xamã com seu tambor que está me ajudando a sair dele...

Justamente tudo que vc escreveu é o que estamos trabalhando...

É maravilhoso. Cheguei a chorar quando li...

Vou copiar no meu blog mas claro que citar a fonte, pois este texto tocou fundo mesmo na minha alma e expressa meu atual momento...

Grande beijo.

Chris

Flor 3 de abril de 2010 23:14  

Momento reclusa e introspectiva.. mas passando pra deixar um beijo e desejar bom feriado

Luciana Onofre 13 de abril de 2010 21:49  

belíssimo!


luciana

http://gherminando.blogspot.com/

Mariza Delandrea 18 de junho de 2010 10:58  

Mágico... simplesmente mágico!! Faz o coração bater mais forte!!

Um grande abraço,

Mariza
http://subolhar.blogspot.com

Claudia Godoy 18 de junho de 2010 11:54  

Grata Mariza, que bom que ressoou em seu coração... venha sempre.

LariMesi 7 de setembro de 2010 16:30  

Um jeito diferente de movimentar a força e curiosidade dos blogueiros.
Te indiquei no selo de qualidade é só pegar no meu blog e sair espalhando a corrente.
Mas também um jeito das pessoas saberem mais sobre a gente.


http://anidaf.blogspot.com/2010/09/selo-de-qualidade.html

Luciana Onofre 7 de novembro de 2010 17:51  

Olá! =)

Há um selo 'sunshine awards' em meu blog para o teu.

Abraços!



http://gherminando.blogspot.com/

Anônimo 3 de abril de 2011 10:14  

adorei foi bem profundo o tambor é realmente o som do nosso coração

Seguidores

Quem Sou

CLAUDIA GODOY


Fitoterapia, Florais, Aura-Soma, Calatonia
Integração Craniossacral


Contato:

(11) 9947 8800
cmgodoy@uol.com.br
eXTReMe Tracker