Ser, estar, ficar, parecer, permanecer, continuar, andar


Esses são verbos de "ligação" pois ligam o sujeito ao predicado e não indicam ação...
Muito bem !!!
Hoje meu Presente é estar, ficar, ser, permanecer, parecer, andar e continuar no aqui e no agora...
Não há ação nisso, apenas o estado de presença...
O único momento que existe é o momento presente, e como é difícil se tornar um verbo de ligação com ele!
Por que nossos pensamentos estão, me atrevo a dizer, sempre perdidos no passado ou esperançosos pelo futuro?
Quando foi que aprendemos ou melhor, desaprendemos a permanecer no presente?
Em que momento deixamos de ser capazes de "ver" a realidade e passamos a ficar vagando entre o que já morreu e o que ainda não nasceu?
Ficamos em um movimento hipnótico entre relembrar e sonhar.
E o pior, quando nossos sonhos acontecem, não sabemos o que fazer com eles...
Porque não "estamos aqui" para eles.
Não acreditamos que estão acontecendo mesmo... era pra ser só mais um sonho!?
Perdemos nossa capacidade de ser, estar, ficar, parecer, permanecer, continuar, andar no presente, quando em algum ponto de nossa história, diria da humanidade e não apenas pessoal, deixamos de acreditar na nossa capacidade de criar.
Perdemos a conexão com nosso ser criador e criativo.
Caímos na ilusão de que somos apenas criaturas manipuladas por energias superiores...
Perdemos o contato com "nossa" energia superior e ficamos parados, esperando...
"Cair do céu..."
Perdemos nossa capacidade de sermos co-criadores e nos tornamos co-dependentes.
Acho até melhor dizer, que não perdemos, mas "nos" perdemos dessa capacidade, dessa criatividade... desse ser criativo que somos por natureza.
Ele, esse "ser" está por aí... desejoso por voltar ao poder...
O poder da criação...
O poder do aqui e agora...
O poder de ser uma ligação entre o sujeito e seu predicado...
O EU e o SER...

"... e assim vou, tocando meu tambor pelo caminho..."

Claudia Godoy ( março-2009 )

2 comentários:

Anônimo 6 de outubro de 2012 10:03  

Muito obrigado. Sua postagem vai me fazer lembrar minha posição junto ao Universo na hora de fazer minha prova do concurso público pesado que farei. E nunca mais me esquecerei dos verbos de ligação. Minha ligação com a vida, com meu predicado.

regina lavor 6 de outubro de 2012 12:28  

Verbo de ligação? Hoje acordei pensando que verbo de ligação liga meus sonhos, nem tantos assim... Se tornarem realidade. Neste mundo capitalista onde tudo pede dinheiro, contatos, politica, tudo faz parecer a nossa ação ineficaz, sem sucesso. Acho que talvez o verbo seria uivar, chamar matilha, estar com os que pensam como eu , como voce por exemplo , não sei , reflito apenas....

Seguidores

Quem Sou

CLAUDIA GODOY


Fitoterapia, Florais, Aura-Soma, Calatonia
Integração Craniossacral


Contato:

(11) 9947 8800
cmgodoy@uol.com.br
eXTReMe Tracker